O que esperar do mercado para a advocacia previdenciária em 2017?

 

Olá, heróis previdenciaristas!

 

Antes de tudo, se você ainda não assina a minha lista de e-mails e perdeu a mensagem de boas-festas que eu mandei, quero te desejar um feliz ano novo!

 

Sei que este foi um ano desafiante para muitas pessoas. Contudo nunca me esqueço do que disse o escritor norte-americano Richard Bach: “Não é o desafio que define quem somos nem o que somos capazes de ser, mas como enfrentamos esse desafio…”

 

Com isso em mente, sei que muitos dos meus colegas estão apreensivos com a advocacia previdenciária, perguntando-se se ainda vale a pena seguir nesta especialização, depois de tudo o que aconteceu em 2016 (dentre os principais acontecimentos, destaco o julgamento da desaposentação e a proposta de reforma previdenciária).

 

Mas adianto: não é porque o cenário está ruim para os nossos clientes que está ruim para nós, hehe!

 

Aumento da procura por especialistas em direito previdenciário

 

O que você acha que passa pela cabeça de uma pessoa que está prestes a aposentar-se num momento desses? Ou então de uma pessoa que ainda não esteja próximo a aposentar-se, mas já tenha feito seus planos de vida?

 

Elas vão ficar perdidas com a quantidade de informações trazidas pela mídia, concorda? É um assunto muito sério e vão querer informações de confiança.

 

É por isso que a procura por advogados especialistas em direito previdenciário já aumentou (veja matérias linkadas abaixo)! E eu acredito que isso só tende a intensificar-se. Então estude muito bem, esteja preparado e aprenda a cobrar consulta jurídica, se você ainda não o faz, ok?

 

Ademais, são nesses momentos em que a legislação é modificada às pressas, sem um estudo aprofundado do tema, em que surgem teses de revisão ou outras oportunidades de atuação. Como exemplo, relembremos a MP 739, que foi revogada mas continua sendo aplicada pelo INSS em alguns casos.

 

Finalmente, o meu principal argumento para te garantir que o mercado previdenciário vai continuar amplo é o mesmo do governo para a reforma previdenciária: teremos cada vez mais idosos na população. E essas pessoas vão precisar aposentar-se, concorda?

 

[Obs.: caso queira ler mais sobre o mercado previdenciário, recomendo um artigo que escrevi há algum tempo sobre o assunto: O tamanho do mercado do Direito Previdenciário (RGPS)]

 

Eu acredito firmemente que o direito previdenciário continua (e continuará por muito tempo) sendo uma excelente área de atuação para o advogado. No entanto, é preciso ser especialista, não adianta querer atuar nesta área sem estudar muito.

 

Recomendo aos heróis previdenciaristas que sigam estudando muito, ainda mais agora. É nosso dever ético estarmos muito bem informados e preparados para atender a população, para minimizarmos os efeitos do “pacote de maldades” preparado pelo governo.

 

Caso queira começar a estudar já, convido você a assistir a minha palestra online “Como dominar cálculos previdenciários e faturar até 2 vezes mais“. A inscrição é gratuita e eu ensino cálculos previdenciários de uma forma bem didática e fácil de entender. Espero você lá! 🙂

 

Matérias mencionadas no artigo:
Procura por especialistas em aposentadoria aumenta com anúncio de reforma
Corrida pela aposentadoria antes da reforma da Previdência

Compartilhe:

Comentários

A Palestra Quer dominar cálculos previdenciários e faturar até 2 vezes mais? começará em

14 : 59 minutos segundos




SIM! Quero aprender agora!

100% de privacidade. Eu nunca vou te enviar um spam!

Tempo restante: 14 minutos e 59 segundos

Share This