Como obter as contas de luz para a ação de restituição do ICMS [VÍDEO]

Neste vídeo, ensino como baixar pela internet as 60 últimas contas de energia necessárias para fazer o cálculo da restituição do ICMS na conta de luz.
Total
4
Shares

A possibilidade de restituição do ICMS na conta de energia é uma tese com muito potencial que tem gerado muitas dúvidas entre os advogados.

Para contribuir um pouco com a discussão, há algumas semanas, eu disponibilizei um vídeo sobre como calcular o valor desta restituição, que pode ser visto aqui: ICMS na conta de luz: como calcular (ação de restituição).

Neste vídeo, eu mencionei que eu conseguia baixar pela internet as 60 últimas contas de luz necessárias para fazer o cálculo diretamente no site da distribuidora, e muitas pessoas me perguntaram como fazer isso.

É isso que ensinarei neste artigo / vídeo (da mesma forma como na semana passada, escrevi um artigo e também gravei um vídeo sobre o assunto).

Leia também

4 comentários
  1. Olá, Alessandra. Parabens pelos seus vídeos. Consulto vários assuntos. Perfeitos!!! Tem como conseguir as contas de minha casa, onde eu não moro mais? Como fazer?

  2. Boa noite Dra Alessandra eu soube dessa novidade da conta de luz hoje por intermedio de um uber que peguei hoje. E ele me disse pra entrar na internet pra ver sobre isso mas vi que todas as informações são cobradas e eu nao tenho como pagar e me deparei com suas informações. Queria se possivel pela sua boa vontade das explicações se possivel me passasse a lista de documentos que tenho que levar pois não consigo ter essa lista , já revirei tudo qto foi coisa na internet e nada fala sobre isso . Por favor poderia me ajudar ? Desde ja agradeço sua atenção e boa vontade em querer me ajudar . Boa noite. E mais uma vez . Muito obrigada.

  3. Dra. Alessandra Strazzi, tu és extremamente didática, além de simpática, sou eternamente grato pela sua generosidade em compartilhar seus conhecimentos. Obrigado, pelo artigo e vídeo, complementou as informações que estavam faltando para eu ajuizar ação no Judiciário. GRATIDÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar