8-hjV2Bq7Ps

 

Descrição

Neste vídeo mostro o passo a passo de como usar o simulador de fator previdenciário da Justiça Federal do Rio Grande do Sul.

 

Link para o site JFRS: https://www2.jfrs.jus.br/

 

Sugestão de leitura:

  1. É possível escapar do fator previdenciário?
  2. Simulador gratuito de fator previdenciário (como usar)
  3. 3 dicas para calcular fator previdenciário sem errar

 

Gostou do vídeo? Então, se você é advogado, também irá gostar da ficha de atendimento a clientes para causas previdenciárias que eu disponibilizei para os meus leitores. Informe o seu e-mail no formulário acima e eu a enviarei para você gratuitamente.

 

Transcrição

“Olá, heróis previdenciaristas! Tudo bom com vocês? Bom, hoje eu vou ensinar vocês como usar um simulador gratuito de excelente qualidade para calcular o fator previdenciário. Nesse vídeo, eu vou ensinar passo a passo como calcular o fator previdenciário usando um simulador gratuito de excelente qualidade. É uma ferramenta que foi desenvolvida pelo pessoal da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, ou seja, é uma fonte super confiável. Além de tudo, eu já testei várias vezes, comparei resultados de eu calculando o fator à mão e o resultado do simulador e é bem consistente. Se você não sabe calcular o fator previdenciário sozinho, não tem problema, você vai poder usar o simulador. Mas eu sempre recomendo você saber fazer sozinho o cálculo para, de repente, não sei, tá fora do ar, ou você precisa explicar para algum cliente alguma coisa, é bom você saber como que é feito o cálculo. Antes de continuar, dá like no vídeo, se inscreve no canal para não perder nenhuma novidade e me acompanhe nas redes sociais. Vem comigo! Então vamos começar. Antes de eu ensinar vocês a usar o simulador que é bom, que é o simulador da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, eu só quero dar um exemplo aqui de um simulador que não funciona. Esse simulador de fator previdenciário ele contém apenas os campos para você indicar a idade, anos de contribuição, se é homem, mulher, professor ou professora. Isso é muito pouco. Primeiro porque essa idade e o tempo de contribuição ele só te dá números redondos e a gente tem que levar em consideração as frações de meses e dias nesse cálculo. Segundo que assim… Dependendo da data da DIB, dependendo da idade da pessoa quando ela aposentou, isso influencia no cálculo do fator. Então eu não consigo entender como que esse simulador pode funcionar. Não recomendo que utilize. O simulador que eu vou usar é o simulador da Justiça Federal do Rio Grande do Sul. Primeira coisa é entrar nesse site, vou deixar o link no descritivo do vídeo. Justiça Federal do Rio Grande do Sul. Rola a barra até embaixo pra você encontrar aqui cálculos judiciais. Você vai clicar em programas de cálculos. Mas antes da gente continuar, vou dar uma dica, porque a gente tá aqui em cima no site. Você aperta CTRL F. Dependendo do seu navegador. Aqui no Google Chrome é o CTRL F. Aí você escreve a palavra que você tá procurando, por exemplo: “cálculos”. Tá vendo? Ele já vai direto aonde tem cálculo na página. Isso ajuda bastante. Inclusive assim, se você não usa essa dica, às vezes quando você tá lendo uma lei que é grande, que você não lembra exatamente qual o artigo que está um determinado termo. Lógico, uma lei que você esteja lendo na internet, né? No navegador. Você pode dar CTRL F, escrever a palavra ou a frase que você lembra que tem no artigo e você encontra facilmente isso na página. Continuando… Programas de Cálculos. Vai abrir esta página aqui. Você vai até embaixo, que tá aqui, ó: “fator prev cálculo do fator previdenciário”. Novamente você pode usar aquela mesma dica, que é CTRL F “fator …” já achou. Clica. Aí ele vai abrir o simulador. Esse é o simulador. Nome do Segurado, você não precisa escrever, não é fundamental, mas eu vou escrever aqui um exemplo. A DER ou a DIB, no meu caso eu vou usar 18/11/2012. Data de nascimento, no meu caso eu vou usar 06/01/1959. Sexo masculino ou feminino, no caso é masculino. Tempo de contribuição: 35 anos 0 meses 9 dias. Uma coisa que a gente sabe que para calcular fator previdenciário, quando e mulher a gente aumenta 5 anos no tempo de contribuição, quando é professor (do sexo masculino), a gente aumenta 5 anos no tempo e contribuição e para professora (do sexo feminino), 10 anos. Aqui, nesse simulador, ao contrário do outro que a gente tava vendo, ele não tem a diferenciação entre professor e professora, só masculino e feminino. Então como é que você vai fazer quando for professor ou professora? Pra professor, você pode marcar masculino e aumentar 5 anos no tempo de contribuição dele ou você usa o feminino, porque ele já vai somar 5 anos, tá? Mas acho esquisito. Coloca 5 anos aqui a mais e pronto. Pra professora, você vem, muda pra feminino e soma 5 anos, e não 10. Por quê? Porque ele já está somando 5 pelo fato de ser mulher. Beleza? Aí você simplesmente clica em “calcular o fator previdenciário”. Ele vai abrir aqui. Calculou certinho. Tá vendo que ele levou em consideração as frações? Expectativa de sobrevida, tá? Certinho aqui. Calculou o fator previdenciário. Esse é o fator previdenciário. Esse aqui é um PDF, tá? Como eu estou usando o Google Chrome, eu posso imprimir aqui ou fazer o download pra poder, não sei, usar na minha petição, alguma coisa assim. Tá bom? Espero que tenham gostado. Se você gostou dessa dica não deixa de me seguir nos meus perfis nas redes sociais, eu vou deixar aí os links, se inscreve no canal, conheça o meu blog, tá bom? Comenta aqui se você tiver alguma dúvida, se você quiser algum vídeo de algum assunto. Tá? Obrigada, tchau tchau!”