Semana passada publiquei o artigo “Tempo de contribuição (ou tempo de serviço): explicação descomplicada [INSS]” e perguntei se os leitores gostariam que eu publicasse um tutorial em vídeo sobre uma planilha gratuita para calcular tempo de contribuição e bastante gente disse que sim 🙂

 

Como o pedido dos leitores é uma ordem, aqui está! Tem uma versão em vídeo e também uma em texto com imagens, para você escolher o formato que mais te agrada!

 

 

Calcular tempo de contribuição – tutorial passo a passo

 

Segue abaixo um tutorial para calcular tempo de contribuição com uma planilha gratuita de excelente qualidade. Para mais dicas de cálculos previdenciários, inscreva-se na minha mais nova palestra online e gratuita já atualizada na versão 2017, na qual eu explico como dominar cálculos previdenciários para faturar até 2 vezes mais.

 

Passo nº 1) Documentação

 

Levantar documentação do cliente, principalmente CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) e CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais).

 

Também é importante fazer uma entrevista com o cliente para confirmar se os vínculos / atividades que aparecem nesses documentos estão corretos. Muitas vezes, podem estar faltando alguns vínculos e você terá que providenciar o acerto do CNIS.

 

Passo nº 2) Blog

 

Entre no blog “Tempo de Serviço” (clique no link e digite este endereço no navegador: http://tempodeservico.blogspot.com.br/ )

 

Passo nº 3) Abra a planilha de simulação de tempo de contribuição

 

Clique no link para a “versão mais recente da Planilha”. Este link te encaminhará para a versão mais recente da planilha de simulação de tempo de contribuição. É sempre bom checar o blog para verificar se foi lançada uma nova versão.

 

Simulação de tempo de contribuição

 

Passo nº 4) Fazer login no Google

 

A planilha de simulação de tempo de contribuição foi desenvolvida no “Google Sheets”, que é o “Excel” da Google. Não é preciso baixar nenhum programa, pois ele roda direto no navegador, basta fazer o login com sua conta Google.

 

[Obs.: Eu já prometi que eu vou fazer vídeos tutoriais para ensinar os colegas a utilizar os programas da Google e não me esqueci! Comente abaixo se você quer um tutorial sobre Google Sheets, Google Drive, Google Docs, etc.]

 

Contagem de tempo de contribuição

 

Créditos – Esta planilha foi desenvolvida por servidores da Justiça Federal:

  • Felipe Raul Borges Benali – fbenali@trf3.jus.br / Vara Federal e JEF Adjunto de Andradina/SP – TRF3
  • Renata Yuri Yokosawa Fujisawa – ryy@jfpr.jus.br / 6ª Vara Federal de Maringá/PR – TRF4

 

Passo nº 5) Copie e nomeie a planilha

 

Não é possível utilizar a planilha diretamente, pois ela é compartilhada entre todos e está bloqueada para edições. Portanto, é preciso fazer uma cópia da planilha para os seus arquivos. Clique em “arquivo” e, em seguida, “fazer uma cópia”.

 

Contagem de tempo de contribuição

 

Depois disso, o sistema vai abrir uma caixa para você nomear a planilha. Nomeie (eu sempre uso o nome do cliente) e clique em OK.

Passo nº 6) Preencha a planilha

 

Preencha os dados obrigatórios da planilha:

  • Autor – não é obrigatório para o funcionamento da planilha, mas eu sempre preencho com o nome do cliente.
  • Data de nascimento
  • Sexo
  • Calcula até a DER.

 

O item abaixo, “Reafirmação da DER”, não é obrigatório, mas você pode utilizar se quiser reafirmar a DER. Sobre este assunto, recomendo meu artigo “Reafirmação da DER no INSS: você ainda vai precisar!”.

 

Obs.: DER = Data de Entrada do Requerimento. Caso ainda não exista requerimento, utilize a data do cálculo.

 

Calcular tempo de contribuição

 

Agora, preencha o histórico de trabalho do cliente, colocando, em cada linha, as datas de início e fim dos vínculos. No meu exemplo, a cliente tem o seguinte histórico:

 

  • 06/02/1984 a 30/05/1989 – serviços gerais;
  • 01/06/1989 a 25/08/1999 – secretária;
  • 01/05/2000 a 01/10/2014 – gerente.

 

Calcular tempo de contribuição - inserir histórico de trabalho

 

Passo nº 7) Calcular tempo de contribuição

 

Após preencher os períodos de trabalho, a planilha calcula o tempo de contribuição automaticamente.

 

Existem três marcos temporais importantes no direito previdenciário (EC 20/98, Lei 9.876/99 e a DER) e a planilha calcula o tempo e contribuição para cada um deles. Para saber o tempo de contribuição total, analise o último marco temporal (DER).

 

A planilha também calcula a pontuação da regra 85/95, o que é muito conveniente.

 

Por fim, ela ainda analisa o tempo de contribuição para os três marcos temporais e verifica se o segurado teria direito a alguma aposentadoria por tempo de contribuição (cada parágrafo é referente a um marco temporal, sendo o último parágrafo referente à DER). Ela não analisa outros tipos de aposentadoria, como por idade e especial.

 

Calcular tempo de contribuição DER (Data de Entrada do Requerimento)

 

Passo nº 8) Faça download da planilha

 

Se você quiser imprimir ou salvar a planilha no seu computador, siga o seguinte caminho: “arquivo” – “fazer download como” – escolha o formato desejado. Pronto!

 

Se gostou do tutorial, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais! Assim, você ajuda outros colegas com a informação e me incentiva a continuar produzindo conteúdos assim 🙂

 

Calcular tempo de contribuição - salvar arquivo

Comentários

A Palestra Quer dominar cálculos previdenciários e faturar até 2 vezes mais? começará em

14 : 59 minutos segundos




SIM! Quero aprender agora!

100% de privacidade. Eu nunca vou te enviar um spam!

Tempo restante: 14 minutos e 59 segundos