Artigo de Autoria de Juris Correspondente

 

Você já ouviu falar na advocacia correspondente? Trata-se de uma forma de atuação jurídica que pode ser uma opção interessante seja para quem está iniciando sua carreira, seja para quem já tem seu próprio escritório e busca uma fonte de renda adicional.

 

Saiba mais sobre a advocacia correspondente e o que ela oferece!

 

Mas antes, o que faz um advogado correspondente?

 

Muitas vezes, um advogado ou escritório precisa realizar certa demanda em uma comarca diferente, distante da que ele reside. Assim, ao invés de deslocar-se até lá, arcando com gastos como hospedagem, transporte e alimentação, os profissionais jurídicos preferem contar com a ajuda de um advogado local – ou seja, o correspondente.

 

Assim, quem atua como correspondente atende às diligências geradas por um outro operador do Direito, atuando em nome deste.

 

E quais são os benefícios da advocacia correspondente?

 

Muitos! Tanto o correspondente quanto o contratante só tem a ganhar com esta forma de atuação. Conheça algumas das vantagens:

 

Networking

 

A advocacia correspondente permite que profissionais jurídicos de diferentes localidades entrem em contato uns com os outros, proporcionando networking e troca de experiências. Assim, um jovem advogado, no início de sua carreira jurídica, terá a oportunidade de mostrar seus serviços a outros advogados, possivelmente mais experientes, de outras localidades no país. Dessa forma, o correspondente estará construindo sua rede de contatos, que poderá levar a melhores oportunidades profissionais no futuro.

 

Experiência prática no mercado de trabalho

 

Com a advocacia correspondente, os jovens profissionais possuem a oportunidade de aplicar os conhecimentos aprendidos durante a faculdade de forma prática, realizando serviços jurídicos de variados graus de complexidade. Isso pode fazer a diferença em seu currículo, ao apresentar-se como um advogado já com certa experiência na prática diária, e não apenas conhecimento teórico.

 

Horários mais flexíveis

 

A perspectiva de ter que obedecer os rigorosos horários de trabalho de um escritório de advocacia não é interessante para você? A rotina de um advogado correspondente é flexível, e depende apenas do número de serviços jurídicos para os quais ele for contratado, de forma que, considerando o volume e o grau de dificuldade do serviço, permite que você atue apenas de manhã ou de tarde, por exemplo.

 

Complemento da renda

 

O pagamento por seus serviços como correspondente podem representar ou uma renda extra, se você for um advogado já firmado no mercado, ou os seus primeiros honorários, caso você esteja no início de sua carreira.

 

Fornece uma ocupação para o advogado mesmo em tempos de crise

 

Com a situação de crise vivida por nosso país, muitas empresas, incluindo escritórios de advocacia, podem precisar dispensar alguns de seus funcionários, ou tornar mais difícil a contratação de novos. No entanto, a demanda por serviços de correspondente sempre irá existir, permitindo que o advogado não se mantenha inativo, mesmo caso não tenha naquele momento um emprego fixo.

E você, o que achou da advocacia correspondente? Gostou? Caso tenha se interessado, venha conhecer o Juris Correspondente, uma das mais tradicionais plataformas ligadas ao tema da internet! E não se esqueça de nos acompanhar em nossas redes sociais, como Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, para mais conteúdos relativos à carreira jurídica!