Como Calcular Juros e Correção Monetária Rapidamente: Calculadora Gratuita

Calculadora de juros e correção monetária para advogados: descubra como fazer os cálculos de forma simples, online e gratuita.
Total
3
Shares
calculadora juros e correção monetária

1) Introdução

Como recebemos um retorno muito positivo de nossos leitores sobre novas ferramentas que facilitam o dia a dia do advogado, decidi escrever mais um artigo sobre o tema, desta vez dedicado a falar sobre as calculadoras de juros e correção monetária.

Afinal, atire a primeira pedra o advogado que não sofreu tendo que fazer esses cálculos! 😂

Vocês sabem que adoro descobrir tecnologias que tornam mais fácil a nossa rotina profissional e apenas indico para os colegas aquilo que realmente confio (não consigo compartilhar algo que eu não testei, prezo muito pela confiança que vocês depositam em mim 😊).  

Por isso, vou falar de três calculadoras que foram desenvolvidas pelos engenheiros do Cálculo Jurídico

Tenho que dizer que sou fã do trabalho deles, porque conseguem disponibilizar softwares de qualidade de forma online e gratuita, para todos os advogados. São dicas que valem a pena compartilhar!  

👉🏻 Dá uma olhada em tudo o que você vai aprender: 

  • Passo a passo de como usar a calculadora de correção monetária;
  • Passo a passo de como usar a calculadora de juros compostos e simples;
  • Dica Bônus: aprenda a usar a Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários.

2) Calculadora de Correção Monetária

Vou começar pela calculadora de correção monetária, que é uma das ferramentas que acredito que todo advogado deveria salvar nos favoritos do navegador, para consultar rapidamente sempre que precisar!

A que mais indico é a Calculadora de Correção Monetária Rápida. O diferencial dela é que possui um layout super simples e intuitivo, de modo que até mesmo advogados não tão familiarizados com as tecnologias conseguem acessar facilmente. 😍 

Além disso, ela é perfeita para aqueles momentos em que queremos obter um resultado rápido. Basta apenas indicar o índice de correção, o valor e os meses de início e fim. 

Também costumo usar para calcular o valor da causa previdenciário, principalmente na etapa do cálculo das parcelas vencidas. 💰

Para ficar mais fácil, fiz um “passo a passo” da ferramenta para você:

  1. Acesse o link da Calculadora de Correção Monetária Rápida;
  1. No campo “Índice de Correção”, escolha o índice que quer aplicar para atualizar o valor (há várias opções de índices lá);
  1. No campo “Valor a corrigir”, digite o valor que você quer atualizar;
  1. No campo “Mês de Início”, digite o mês a partir do qual incidirá a atualização (termo inicial);
  1. No campo “Mês Final”, digite até qual mês deve incidir a atualização (termo final);
  1. Clique em “Calcular correção monetária”;
  1. Depois disso, automaticamente a ferramenta calcula o resultado, indicando o fator de correção e o valor corrigido. 

📹 Tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona a Calculadora de Correção Monetária Rápida e trazendo esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui.  

calculadora juros e correção monetária

E já que estamos falando de ferramentas gratuitas, cheque este artigo aqui: Como Comparar a Carta de Concessão com o CNIS em 2 Minutos! Garanto que vai te ajudar nas análises de revisão de aposentadoria

3) Calculadora Juros Compostos e Simples

Essa segunda ferramenta é ideal para os advogados que atuam com contratos bancários e outros contratos que estão em mora, mas, obviamente, também pode ser usada em todas as situações que envolvem o cálculo de juros simples e compostos. 😎

Trata-se da Calculadora de Juros Simples e Compostos, que permite descobrir o valor futuro pelas duas sistemáticas de juros e também converter a taxa de juros compostos para períodos diferentes.

Nem preciso dizer o quanto ela facilita a vida de qualquer advogado, né? 🙏🏻 

👉🏻 Para você ver como é simples, fiz um “passo a passo” completo:

  1. Acesse o link da Calculadora de Juros Simples e Compostos;
  1. Na seção “Valor dos Juros”, selecione o campo “Valor Presente” e digite o valor sob o qual serão aplicados os juros; 
  1. No campo “Taxa de Juros (%)”, digite o percentual;
  1. No campo “Nº de Meses”, digite o período;
  1. Depois disso, automaticamente a ferramenta calcula o resultado, indicando os valores finais pela sistemática dos juros simples e compostos. 

🤓 Além disso, caso você queira saber a equivalência de taxas, ou seja, a conversão da taxa de juros compostos para períodos diferentes (por exemplo, 1% ao mês equivale a tantos % ao ano), é só continuar o cálculo na mesma ferramenta, através dessas etapas:

  1. Na seção “Equivalência de taxas”, selecione o campo “Taxa de Juros (%)” e digite o percentual da taxa que incidirá pelo período; 
  1. No campo “Período da taxa”, digite a quantidade de meses que incidirão a taxa;
  1. No campo “Período desejado”, digite a quantidade de meses que deseja saber a equivalência.
  1. Depois disso, automaticamente a ferramenta calcula o resultado, indicando os valores finais pela sistemática dos juros simples e compostos. 

📹 Tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona a Calculadora de Juros Simples e Compostos e trazendo esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui.  

Está gostando do artigo? Clique aqui e entre no nosso grupo do Telegram! Lá costumo conversar com os leitores sobre cada artigo publicado. 😊

4) Bônus: Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários

E por falar em ferramentas que facilitam a vida do advogado previdenciarista, quero trazer uma dica bônus para vocês! 

Trata-se da Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários, que também foi desenvolvida pelos engenheiros do Cálculo Jurídico

Essa calculadora é super fácil de usar e ajuda demais a fazermos uma estimativa rápida de quanto vamos receber de honorários. E, o melhor: ela é gratuita e você pode usar quantas vezes quiser, não há limite de acesso! 🤗

Sabe quando você acabou de descobrir que ganhou uma ação e quer logo saber quanto vai resultar de honorários? Então, essa calculadora é excelente nessas horas!

👉🏻 Para você ver como é simples, também fiz um “passo a passo” completo:

  1. Acesse o link da Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários;
  1. No campo “Valor dos atrasados”, digite o valor referente a isso;
  1. No campo “Valor dos benefícios”, digite o valor do benefício que o INSS vai conceder ao cliente;
  1. No campo “Percentual de honorários (%)”, digite o valor que pactuou com o cliente;
  1. No campo “Quantidade de benefícios”, selecione o número de benefícios que você pactuou de cobrar do cliente caso ele ganhasse a demanda.
  1. Depois disso, automaticamente a ferramenta calcula os valores e fornece uma tabela com o resultado dos honorários atrasados, dos honorários dos benefícios e do valor total (somatória de ambos). 

📹 Também tem um vídeo do Cálculo Jurídico explicando certinho como funciona a Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários e trazendo esse “passo a passo”. Se quiser conferir, é só clicar aqui.  

5) Conclusão

No artigo de hoje, compartilhei com vocês essas duas ferramentas gratuitas e online que realmente nos ajudam a simplificar o trabalho de calcular a correção monetária e os juros (simples e compostos). 

Aliás, me conta nos comentários o que você achou de cada uma delas? 😉

Já adianto que vale muito a pena acessar e ver como funciona, porque realmente foram feitas exclusivamente para advogados e são diferentes das outras calculadoras que costumamos encontrar na internet!

E já que estamos no final do artigo, que tal darmos uma revisada? 😃

👉🏻 Para facilitar, fiz uma listinha com tudo o que você aprendeu:

  • Passo a passo de como usar a calculadora de correção monetária de forma online e gratuita;
  • Passo a passo de como usar a calculadora de juros compostos e simples, também disponibilizada de forma online e gratuita;
  • Como usar a Calculadora Rápida de Honorários Previdenciários para facilitar a rotina do seu escritório. 

Fontes

Além dos conteúdos já citados e linkados ao longo deste artigo, também foram consultados:

ATUALIZAÇÃO DE DÉBITOS JUDICIAIS: GUIA DEFINITIVO PARA ADVOGADOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.